Entenda a relação entre higiene ocupacional e medicina do trabalho

Entenda a relação entre higiene ocupacional e medicina do trabalho
4 minutos para ler

Entender a relação entre higiene ocupacional e medicina do trabalho permite que a empresa cuide dos funcionários adequadamente e dentro das normas que a lei estabelece. O estresse, esforços físicos repetitivos e tantos outros desafios e entraves que fazem parte de qualquer tipo de trabalho são uma realidade que precisa ser devidamente abordada em um negócio que quer prosperar.

Se você ainda não tem clareza sobre esse assunto e busca mais informações, não se preocupe. Com este post, ficará mais fácil compreender do que se trata. Continue lendo e confira!

O que é higiene ocupacional e como é caracterizada?

A higiene ocupacional pode ser entendida como uma subárea da medicina do trabalho. Afinal, a medicina do trabalho engloba todos os cuidados envolvidos em preservar a saúde do trabalhador. Isso vai desde orientações sobre executar o serviço sem causar lesões ou mesmo desgaste psicológico até a devida avaliação e tratamento em casos que o trabalhador precise de intervenção.

Já a higiene ocupacional foca na antecipação, reconhecimento, avaliação e controle dos riscos existentes no ambiente de trabalho, a fim de evitar prejuízos variados tanto aos colaboradores quanto à própria empresa. O manuseio de materiais tóxicos, radioativos, exposição a ruídos constantes e tantas outras questões fazem parte dessas preocupações às quais a higiene ocupacional se dedica.

Como a higiene ocupacional e a medicina do trabalho se relacionam?

Já que a higiene ocupacional é parte integrante da medicina do trabalho, é certo que elas se relacionam e se complementam em suas devidas atuações. A seguir, vamos explorar melhor cada aspecto no qual elas se tocam. Prossiga com a leitura para aprender mais.

Prevenção de acidentes

Todo trabalho executado por meio de atividades braçais ou intelectuais oferece algum risco de acidente ao profissional. A higiene ocupacional deve fazer o diagnóstico dos riscos potenciais no ambiente e saber como evitar que eles aconteçam.

Por sua vez, a medicina do trabalho deve atuar conjuntamente ao estar preparada para auxiliar o profissional no que ele precisa, fazendo o acompanhamento do seu estado de saúde e quaisquer intervenções médicas necessárias em cada caso.

Análise de contaminações

Locais como postos de gasolina, por exemplo, em que é comum a presença de produtos tóxicos, corrosivos e inflamáveis, é essencial a atuação da higiene ocupacional, a fim de precaver quaisquer danos à saúde não só dos trabalhadores, mas dos clientes e pessoas que circulam pelo recinto.

A medicina do trabalho também se faz presente ao entender os riscos envolvidos e ser capaz de tratá-los caso algum infortúnio ocorra. Como pode ver, são áreas complementares que, juntas, produzem um efeito benéfico no ambiente de trabalho.

Cuidados com o estresse

Novamente, tanto atividades braçais quanto profissões intelectuais envolvem o risco de sobrecarregar emocionalmente o trabalhador devido ao estresse gerado. São vários fatores ambientais que contribuem para isso, como a própria configuração do espaço no qual o professor vai trabalhar, a presença de ruído, ritmo de trabalho e demais aspectos que possam ser mentalmente desgastantes.

A junção do diagnóstico feito pela higiene ocupacional com os cuidados ofertados pela medicina do trabalho podem minimizar isso e, assim, preservar a saúde mental dos trabalhadores.

Garantia da saúde e segurança dos colaboradores

Se juntarmos todos os pontos abordados até agora, veremos que saúde e segurança são questões globais a serem consideradas no dia a dia dos trabalhadores. Sem a devida avaliação e acompanhamento, aumenta-se bastante o risco de criar um ambiente de trabalho perigoso e extenuante. Portanto, a única forma de garantir a saúde e segurança dos profissionais é por meio da higiene ocupacional e medicina do trabalho.

Como são muitos detalhes envolvidos, torna-se realmente importante contratar uma empresa especializada nesse quesito.

Agora que já sabe tudo o que é necessário para criar um ambiente de trabalho seguro e produtivo, conseguirá fazer isso por meio do auxílio da Solutech. Lembre-se que cuidado não é gasto, e sim investimento.

Se gostou de entender a relação entre higiene ocupacional e medicina do trabalho, entre em contato conosco agora mesmo. Temos as melhores soluções para a sua empresa.

Riscos biológicos
Você também pode gostar

Deixe um comentário