Saiba como fazer a higienização de EPI de acordo com as normas

Higienização de EPI
4 minutos para ler

Os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) servem para preservar a integridade e o bem-estar dos colaboradores das empresas. De acordo com a Norma Regulamentadora NR 6, inclusive, o fabricante do dispositivo é obrigado a explicar como a limpeza e a higienização de EPI devem ser feitas. Já o empregado deve se responsabilizar por conservar o equipamento. 

Quer entender melhor qual é a importância e como higienizar os EPIs, além de descobrir a melhor forma de armazená-los? Continue a leitura!

A importância de higienizar os EPIs

A vida útil de um equipamento está diretamente ligada à qualidade do material, mas também aos cuidados que são adotados por quem o utiliza, já que, assim, será preservada a qualidade do item adquirido. 

Realizar a conservação e a higienização dos EPIs traz benefícios tanto para o empregador quanto para o usuário. O colaborador corre menos riscos de sofrer acidentes ou obter doenças ocupacionais, por estar com o equipamento conservado e, dessa forma, a empresa sofre menos com custos de afastamentos e contratações, por ter a sua equipe bem protegida. Com isso, é garantido um maior bem-estar a todos, uma vez que todos se sentem seguros.

As dicas de como fazer a higienização correta dos EPIs

Tenha atenção aos tipos de materiais

Cada Equipamento de Proteção Individual é feito com um material diferente. Por isso, exige cuidados particulares. Alguns, como os protetores auditivos, devem ser higienizados todos os dias. Já outros podem ser limpos mensalmente. Certamente, o empregado vai perceber quando o seu equipamento precisa de uma higienização.

Nesse caso, ela deve ser feita com cuidado e com produtos que não agridam o EPI, de acordo com o material dele. Confira os principais a seguir:

  • couro — limpar somente com um pano úmido;
  • microfibra — fazer a lavagem com água e detergente neutro;
  • policarbonato — lavar em água corrente com detergente neutro e secar com um pano macio, uma vez que jamais deve haver contato com superfícies que possam arranhá-lo.

Seja cauteloso quanto à secagem

Evite expor os seus EPIs à incidência de luz solar, independentemente do material, pois isso pode causar problemas ao seu equipamento, como ressecamento, perda da flexibilidade e desbotamento. Então, priorize a secagem sempre à sombra e em locais abertos.

É importante deixar secar bem antes de guardar, pois é comum que haja a proliferação de fungos e bactérias em objetos úmidos. Consequentemente, isso pode desencadear diversas doenças e infecções ao usuário do equipamento.

Faça o procedimento correto com EPIs que podem ser desmontados

Existem alguns equipamentos que podem ser desmontados para a limpeza. É o caso da maioria dos capacetes de segurança, por exemplo. Em alguns momentos, eles podem ser higienizados somente com um pano, mas, frequentemente, é importante desmontá-los.

Isso porque, se esse procedimento não for realizado com certa frequência, é possível ocorrer o acúmulo de sujeira em locais que não são visíveis. No entanto, tenha cuidado ao separar todas as partes, lavando-as e deixando-as secar separadamente. Depois, é só reencaixá-las.

Saiba como armazenar os EPIs corretamente

A boa conservação dos EPIs depende não somente da limpeza, mas também do armazenamento correto. Então, não trate o seu equipamento como um objeto qualquer e lembre-se sempre de que ele faz parte do seu material de trabalho e de que você pode ter muitos problemas se não conservá-lo.

Por isso, tenha um local adequado para guardar os seus EPIs no final do expediente. Os óculos de proteção, por exemplo, não podem ser armazenados com as lentes voltadas para baixo, pois há possibilidade de arranhar.

Tão importante quanto utilizar equipamentos de qualidade é realizar a higienização de EPI frequentemente. Assim, o seu uso fica mais agradável e seguro. Essa prática, inclusive, é uma demonstração de zelo e de preocupação com a vida

Se este artigo ajudou a esclarecer as suas dúvidas, certamente, vai auxiliar algum amigo seu. Por isso, compartilhe-o nas redes sociais e transmita as nossas dicas.

Você também pode gostar

Deixe um comentário