Entenda a relação entre meio ambiente e segurança do trabalho

meio ambiente e segurança do trabalho
4 minutos para ler

A segurança do trabalho não se resume ao uso dos equipamentos certos ou aos cuidados com a saúde dos funcionários. Claro que isso é fundamental, mas existem outras medidas de extrema necessidade. Compreender a relação entre meio ambiente e segurança do trabalho está entre essas precauções.

É imprescindível tomar medidas contínuas que cuidem do ambiente, tanto interno quanto externo ao seu negócio. Isso impacta seus funcionários e toda a comunidade. Sendo assim, você deve ficar atento à natureza nos arredores, ao ar que é respirado, à sua estrutura e às demais condições. Fechar os olhos para isso pode levar a “pequenos” problemas, como menos produtividade, até a grandes acidentes. 

Para ilustrar melhor a relação entre meio ambiente e segurança do trabalho, separamos alguns exemplos, a seguir. Confira!

Relação entre meio ambiente e segurança do trabalho

Transporte de produtos

Se o transporte de certas cargas for feito de forma inadequada, ele pode gerar acidentes que causam vários danos ao ambiente. O próprio motorista pode se machucar ou contrair uma doença, nessas situações. Esse é o caso, por exemplo, dos produtos considerados perigosos, como líquidos inflamáveis, substâncias químicas corrosivas, explosivos e materiais radioativos, entre outros.

É preciso seguir as normas e tomar todos os cuidados cabíveis. Para determinadas cargas, é necessário ter um motorista com uma habilitação específica, por exemplo. Cada produto tem suas particularidades e pode exigir certas condições de armazenamento, transporte e manuseio.

Análise de riscos

Utilizando diversas informações sobre o ambiente de trabalho, incluindo a empresa e seus arredores, a análise visa mapear os possíveis riscos aos quais o negócio está exposto. Ela deve ser feita por um especialista com os conhecimentos adequados, e precisa ser levada muito a sério. Cada análise tem suas etapas e apontam cuidados específicos, que devem sempre ser praticados.

Existem riscos de diferentes ordens, como os químicos, os físicos, os ergonômicos, os biológicos e os ambientais. Identificá-los e preveni-los evita, não apenas que os funcionários se machuquem, mas que toda a região tenha problemas.

Controle de pragas

Como dissemos até aqui, proteger a natureza é parte fundamental da segurança do trabalho. Isso inclui preservar a flora, as águas, o ar e, claro, os animais. No entanto, também existe o cuidado com o controle de pragas, visando proteger as pessoas de doenças causadas por algumas espécies, como ratos e certos insetos.

O controle também é utilizado em lavouras e outros trabalhos rurais. Esses contextos também exigem vários cuidados, como fornecer os equipamentos de segurança que protegem os lavradores contra picadas, por exemplo. As medidas de dedetização e os demais métodos de controle devem ser aplicados da forma certa, com os conhecimentos próprios de cada técnica, para evitar poluição e danos à saúde. 

Prevenção de acidentes

Toda empresa deve ter ações de prevenção a acidentes. Isso não se restringe, no entanto, apenas às questões internas. Assim, elas devem adotar posturas que evitem a poluição, os danos à natureza e a toda a comunidade. O desenvolvimento sustentável é uma linha de pensamento fundamental: ele visa a realização das atividades econômicas, sem prejudicar os recursos para as próximas gerações.

Para evitar acidentes e danos ambientais, insira esse valor à sua cultura, pratique-o em suas atividades e incentive os funcionários a aderir a ele. Os treinamentos e palestras são algumas formas de conscientização, mas, é preciso não ficar apenas promovendo o discurso. Aplique no dia a dia!

Descarte de materiais

Um descarte inadequado é capaz de poluir, prejudicar a natureza ao redor e ainda gerar danos à saúde das pessoas. É preciso saber para onde destinar cada material, bem como se os funcionários vão precisar de equipamentos de segurança e se há algum procedimento a ser cumprido, antes de descartar.

Produtos como agrotóxicos e dedetizadores, por exemplo, devem ter as embalagens limpas por processos determinados, antes do destino final. Existe a maneira certa de manusear cada produto e locais específicos para levá-los. O mesmo acontece com várias outras substâncias.

Como vimos, a segurança do trabalho envolve, não apenas as responsabilidades com os colaboradores, mas com toda a comunidade. Conscientize-se, cumpra as Normas Regulamentadoras e fique atento às práticas da sua empresa!

Esperamos que tenha gostado do post. Não deixe de compartilhá-lo em suas redes sociais para mostrar a importância de associar meio ambiente e segurança do trabalho!

Você também pode gostar

Deixe um comentário