CIPA: o que é e qual a importância para a segurança do trabalho?

o que é cipa
4 minutos para ler

Você sabe o que é a CIPA? Toda empresa que se preocupa em preservar a saúde e o bem-estar deve proporcionar ambientes de trabalho seguros. Para tanto, a CIPA é essencial, pois atua de forma colaborativa para promover a segurança no trabalho.

Estabelecida pela Norma Regulamentadora nº 5, a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes vai além de uma determinação legal — contribui de maneira dinâmica e eficiente para a conscientização e desenvolvimento de metodologias para a segurança.

Para ajudar a entender melhor o assunto, neste post você vai saber o que é a CIPA e como ela pode contribuir para a segurança dos ambientes de trabalho. Continue a leitura e veja informações relevantes para contribuir com a saúde e segurança na sua empresa!

O que é a CIPA e como ela é feita?

A sigla CIPA significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Consiste em um comitê formado por representantes do empregador e dos empregados para atuar na prevenção de acidentes e doenças ocupacionais.

A CIPA é regulamentada pela NR 5 e obrigatória para empresas que tenham acima de 20 funcionários. Sendo assim, ela deve ser constituída pelas seguintes etapas:

  • análise da Norma Regulamentadora;
  • preparo das eleições;
  • realização da eleição e ata de posse;
  • determinação dos membros indicados pela empresa;
  • realização dos treinamentos;
  • posse;
  • apresentação do calendário de reuniões.

A gestão da CIPA tem o período de vigência de uma ano, sendo que os membros eleitos pelos trabalhadores têm estabilidade de mais um ano após o término da gestão. O comitê da CIPA tem papel importante para a segurança de todos os setores, por isso é fundamental para os objetivos da empresa.

Quais as principais características?

A característica mais evidente da CIPA é definir metodologias para proporcionar condições de trabalho seguras para todos os funcionários. Dessa forma, membros eleitos pelos trabalhadores e os indicados pela empresa atuam de forma consistente para eliminar riscos e promover o engajamento de todos com a segurança. Outras características da CIPA são:

  • atuação com princípios preventivos;
  • mapeamento completo dos riscos inerentes às atividades;
  • comunicação clara e objetiva;
  • gestão participativa;
  • divulgação e eventos relacionados à segurança.

Qual a importância da CIPA?

A saúde e segurança ocupacional são relevantes para qualquer empresa, pois garantem que os funcionários estejam protegidos e livres de riscos. Sendo assim, a empresa pode gerar produtividade sem ter problemas com acidentes, atos e condições inseguras que provocam grandes prejuízos.

Em outras palavras, a CIPA é a melhor alternativa para investir em segurança de maneira que envolva os trabalhadores. O resultado é uma equipe engajada, motivada e conscientizada para desenvolver as tarefas de forma segura, fator indispensável para a empresa alcançar os objetivos produtivos e financeiros.

A eficiência da atuação da CIPA acontece por meio de metodologias práticas, reuniões periódicas e com o apoio da liderança. Sobretudo, a elaboração de um cronograma é indispensável para orientar a execução das tarefas e garantir a realização das reuniões.

Além disso, o cronograma estabelece as prioridades para as ações de segurança e define os responsáveis. Dessa maneira, a comissão pode acompanhar as medidas e alcançar a melhoria contínua da segurança do trabalho.

Como você percebeu, toda empresa que deseja crescer e se destacar no mercado deve saber o que é a CIPA e garantir a segurança e saúde dos trabalhadores. É muito mais do que cumprir leis, pois demonstra a responsabilidade com a integridade profissional e contribui para criar um ótimo relacionamento com a equipe.

Gostou do post? Agora que entendeu mais sobre a CIPA, deixe seu comentário e conte-nos como foi sua experiência com o tema! Vamos compartilhar ótimas informações!

Você também pode gostar

Deixe um comentário