O que é GHS e qual a importância dessa classificação?

o que é ghs
3 minutos para ler

O número de mortes e incidentes no campo profissional devido ao risco que os componentes químicos causam não é pequeno. Entender o que é GHS e qual a importância dessa classificação permite que você cuide desses ativos com a devida segurança, atentando-se aos diversos processos industriais e à saúde dos trabalhadores.

Considerando a importância dessa classificação, neste post, vamos explicar melhor o que é GHS e como ele funciona. Continue a leitura e confira!

O que é GHS?

O Globally Harmonized System (GHS) é uma classificação que oferece proteção aos trabalhadores, ao meio ambiente e à própria indústria. Afinal, lidar com materiais químicos que podem ser inflamáveis, explosivos ou intoxicantes exige uma atenção especial.

O GHS surge justamente para ofertar às mais diversas indústrias os procedimentos corretos para lidar com esses agentes químicos, com o intuito de não causarem danos materiais, ambientais e humanos por conta de sua exposição.

Qual é a importância dessa classificação?

Melhorar a proteção da saúde humana e do meio ambiente

Por meio de um sistema de comunicação de perigos ininteligíveis internacionalmente, o GHS permite que se melhore a proteção da saúde humana e do meio ambiente.

Muitos dos riscos que esses agentes químicos oferecem não são visíveis em um primeiro momento, como líquidos inflamáveis e corrosivos, gases explosivos e tantas outras matérias que podem causar um sério dano a quem manuseia esses produtos.

Além do mais, os perigos não são relacionados apenas ao ser humano, podendo causar grande destruição ao meio ambiente. Daí, a importância do GHS na sua extensa classificação desses agentes químicos e de seus riscos.

Oferecer um marco de classificação aos países que não possuem esse sistema

Nem todos os países possuem um sistema avançado de classificação desses produtos. Assim, o GHS serve como uma referência internacional para que os profissionais e gestores da indústria possam ter uma cartilha na qual possam confiar.

Por meio da classificação detalhada do GHS, é possível trabalhar de forma segura e desenvolver o procedimento padrão para lidar com materiais que oferecem riscos ao trabalhador e ao ambiente em que atua.

Como é feita essa classificação?

Conforme explicamos ao longo deste post, o GHS é uma classificação bastante minuciosa. Portanto, envolve vários itens que permitem aos profissionais e gestores da indústria ter parâmetros para suas ações.

Em linhas gerais, a classificação é feita da seguinte forma:

  • perigos físicos — como explosivos, gases inflamáveis, aerossóis inflamáveis, gases comburentes (oxidantes), gases sob pressão, sólidos inflamáveis e outros;
  • perigos para a saúde — como toxicidade aguda, corrosão ou irritação cutânea, carcinogenicidade, perigo de aspiração etc.;
  • perigos para o meio ambiente — oferecendo danos para o meio aquático e para a camada de ozônio, por exemplo.

Como vimos, não são poucas as questões que o GHS aborda. Portanto, não subestime a importância dessa classificação e procure cuidar corretamente da sua empresa e dos trabalhadores para evitar maiores problemas. Com as informações corretas, você estará apto para dar o próximo passo e se precaver de quaisquer descuidos.

Agora que você já sabe o que é GHS e qual a importância dessa classificação, entre em contato conosco e conheça as soluções que podemos oferecer à sua empresa!

Você também pode gostar

Deixe um comentário