Quais as principais diferenças entre EPI e EPC?

diferenças entre epi e epc
4 minutos para ler

Implementar medidas de Segurança do Trabalho é fundamental para garantir um bom funcionamento do empreendimento. Para além de cumprir exigências legais, fazer uma boa gestão da saúde e da segurança dos trabalhadores é uma das principais formas de evitar acidentes de trabalho e também de demonstrar responsabilidade e zelo pelos seus profissionais, o que aumenta o seu engajamento.

São diversos os requisitos necessários para fazer um bom gerenciamento da saúde dos colaboradores e um dos principais deles é o investimento em equipamentos de proteção. Existem dois tipos principais: os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e os EPCs (Equipamentos de Proteção Coletiva).

Continue a leitura deste texto para compreender quais as diferenças entre EPI e EPC e como utilizá-los da maneira correta.

O que são Equipamentos de Proteção Individual (EPIs)?

Como o próprio termo aponta, os EPIs são equipamentos que têm como objetivo garantir a proteção dos trabalhadores individualmente, ou seja, são instrumentos que devem ser fornecidos para cada funcionário. É importante que o equipamento seja adequado à atividade realizada, garantindo a integridade física do colaborador e evitando problemas ocupacionais.

A seguir, listamos os principais tipos de EPIs de acordo com a área do corpo que é protegida:

  • proteção da cabeça: capacetes de segurança, balaclavas e capuz;
  • proteção auditiva: protetor auricular e abafadores de ruídos;
  • proteção dos olhos e da face: óculos de proteção e máscaras;
  • proteção respiratória: respiradores;
  • proteção de tronco: coletes;
  • proteção de membros superiores: luvas de segurança e braçadeiras;
  • proteção de membros inferiores: calçados de segurança, calças e coturnos.

É importante lembrar que, além de fazer o uso correto do equipamento de acordo com a função desempenhada, é fundamental garantir a sua qualidade. Ademais, é preciso escolher com cuidado quais itens fornecer e sempre fazer a higienização dos EPIs de acordo com as normas.

 O que são Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs)?

Uma diferença entre EPI e EPC é que os Equipamentos de Proteção Coletiva são itens necessários para garantir a segurança de todos aqueles que compartilham do ambiente de trabalho. Ou seja, são itens fixos ou móveis que compõem o ambiente laboral — são equipamentos de segurança mais eficientes, pois afetam todo o ambiente, independentemente das escolhas individuais dos colaboradores.

Os EPCs também podem variar de acordo com a atividade realizada na empresa. Cada ambiente de trabalho apresenta riscos específicos, por isso, é necessária uma avaliação profissional para perceber os indicadores de segurança no local de trabalho.

A seguir, apresentamos alguns dos equipamentos mais comuns:

  • corrimão;
  • fitas sinalizadoras;
  • barreiras de proteção contra radiação;
  • barreiras de proteção contra luminosidade;
  • antiderrapantes em escadas e degraus.

O que diz a legislação?

As duas principais regras que buscam organizar a Segurança no Trabalho são a Norma Regulamentadora 6 (NR 6) e a Norma Regulamentadora 9 (NR 9). A primeira trata das questões referentes ao uso de EPIs, enquanto a segunda trata dos riscos ambientais, que devem ser minimizados por meio dos EPCs.

NR 6

De acordo com a NR 6, é obrigatório o fornecimento de EPIs gratuitos para todos os colaboradores. Esses equipamentos devem ser adequados ao tipo de risco ao qual o trabalhador está sujeito, além de estarem em bom estado de conservação e de desempenho, podendo assegurar a saúde e a segurança no trabalho.

NR 9

De acordo com a NR 9, é obrigação da empresa a adoção das medidas necessárias para eliminar, minimizar ou controlar os riscos ambientais verificados. Eles podem ser notados em diferentes momentos, percebendo risco potencial, evidente ou posterior à análise médica dos funcionários.

Tanto para evitar problemas legais quanto para garantir a saúde dos trabalhadores, é importante cumprir as normas de segurança. Como você pôde perceber ao longo do texto, para fazer isso, é necessário reconhecer as diferenças entre EPI e EPC, utilizá-los de forma correta e escolher aqueles com melhor qualidade. Com seriedade e zelo pelos colaboradores, é possível garantir o bom desempenho da empresa.

Quer saber mais sobre equipamentos de proteção e como encontrar os itens adequados às suas demandas? Então, veja o nosso artigo sobre a importância de comprar EPIs de qualidade.

Você também pode gostar

Deixe um comentário